TJDFT efetiva controle de acesso para atender normas de segurança

FACE_porta giratoriaO TJDFT está adotando medidas para dar efetivo cumprimento à Resolução 13 de 3/5/2016, que altera a Resolução 16 de 5/12/2013, e que trata da segurança e do acesso às instalações do Tribunal. Nesse sentido, será obrigatória a identificação e inspeção pessoal para a entrada de pessoas em todos os fóruns e prédios da Casa. O acesso de autoridades e advogados se dará de forma prioritária, mediante identificação por meio da carteira profissional oficial, sem prejuízo da realização de vistoria por equipamentos detectores de metais.

O TJDFT, atento às diretrizes do CNJ e visando à proteção de todos que adentram em suas dependências, pede o apoio e a cooperação de todos os usuários da Justiça para que fiquem atentos às normas de identificação e inspeção pessoal. As medidas adotadas são importantes para a garantia da segurança de cidadãos, servidores, magistrados, advogados e autoridades que estejam em suas dependências.

O cumprimento das Resoluções 16/2013 e 13/2016, sobretudo no que diz respeito à identificação e à inspeção por meio de equipamentos detectores de metais, será obrigatória. Servidores, terceirizados e estagiários também devem estar atentos aos comportamentos de segurança.

A regulamentação alcança a entrada de pessoas, objetos e volumes, bem como o porte de armas nas dependências do Tribunal. A inspeção pessoal evita que objetos potencialmente perigosos sejam trazidos aos fóruns onde o clima de tranquilidade deve ser mantido, para que haja uma prestação jurisdicional célere e eficiente, que atenda o anseio de toda a coletividade e promova a paz social. Assuma você também esse compromisso com a segurança do TJDFT!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *