Parece um simples anel, mas ele pode ajudar a salvar vidas

Nimb: esse anel tecnológico vem com um “botão do pânico” para ser acionado quando você estiver em perigo
Nimb: esse anel tecnológico vem com um “botão do pânico” para ser acionado quando você estiver em perigo

Há 16 anos, a russa Kathy Roma foi atacada na rua por um estranho. Ela conta que o homem quis puxar assunto e não aceitou ser ignorado. Em resposta, o agressor a esfaqueou em diversas partes do corpo – incluindo três golpes na altura do coração – e abriu sua barriga com um enorme corte.

Isso tudo aconteceu à luz do dia, em um bairro tranquilo. Ela gritou por ajuda e conseguiu sobreviver, mas logicamente, jamais esqueceu daqueles momentos de terror.

 “Desde aquele dia eu fiquei pensando se algo poderia ter me poupado dessa experiência”, conta Kathy na apresentação do Nimb, o anel revolucionário que ela ajudou a desenvolver.

Ele parece um acessório qualquer, com visual moderno e minimalista, mas possui um pequeno botão que pode ser acionado em momentos de perigo. Dessa forma, um alerta é transmitido para contatos pré-selecionados pelo usuário.

Basta apertar o botão durante 3 segundos e os destinatários irão receber a sua localização, através de um app. Em resposta, quem vê o pedido de socorro manda uma confirmação de que a ajuda está a caminho, o que fará o anel vibrar, para que a vítima seja notificada.

Além de proteger pessoas que costumam andar sozinhas na rua, a ideia é que o Nimb também possa ajudar idosos, crianças e quem tem problemas de saúde. É uma forma rápida e simples de pedir ajuda em qualquer situação.

Para tornar o projeto viável, Kathy e sua equipe lançaram uma campanha de financiamento coletivo online e conseguiram alcançar a verba necessária. Ao todo, foram quase 2 mil doadores e mais de 237 mil dólares arrecadados.

O Nimb está sendo produzido na Califórnia e, a princípio, irá custar 149 dólares. A previsão é de que esteja à venda nos Estados Unidos a partir de março.

fonte: Exame

http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/parece-um-simples-anel-mas-ele-pode-ajudar-a-salvar-vidas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *