Ladrões roubam 2 km de fibra ótica que levaria internet à Campus Party, diz Telebras

‘Prejuízo nem foi tão grande financeiramente, mas no cronograma’, diz José Mendes, diretor da companhia. Ele estimou as perdas em ‘coisa de R$ 1 mil’.

Montagem da estrutura da Campus Party 2017 no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo (Foto: Divulgação)
Montagem da estrutura da Campus Party 2017 no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo (Foto: Divulgação)

Responsável pela infraestrutra da Campus Party 2017, a Telebras foi alvo de um furto de 2 km de fibra ótica, que seriam usados para levar conexão de internet ao Pavilhão de Exposições do Anhembi, onde ocorre a 10ª edição do evento de tecnologia, ciência e cultura nerd.

“O prejuízo nem foi tão grande financeiramente, mas no cronograma”, diz José Mendes, diretor da Telebras. Ele estimou as perdas em “coisa de R$ 1 mil”. O furto de cabos, feito na região do Pacaembu, atrasou a instalação de equipamentos de rede e fez, afirmou o executivo, a Telebras ter de trabalhar durante a madrugada. Segundo o executivo, o caso não foi registrado em nenhuma delegacia de polícia.

A organização da Campus Party afirmou que, apesar de ser um evento repleto de equipamentos eletrônicos potentes, os roubos e furtos não são comuns.

Francesco Faruggia, presidente da Fundação Campus Party, afirmou que no “ano passado, foi um só notebook roubado”. “Quando pensamos em fazer a Campus Party, disseram ‘não vai dar certo no Brasil’, e isso não aconteceu.”

O diretor da Campus Party, Tonico Novaes, no entanto, admitiu que a falha havia sido da organização. “Esse notebook que foi roubado foi culpa nossa”, disse ele, ao explicar que o campuseiro teve o notebook roubado do armário do próprio evento. Por isso, a organização pagou um novo aparelho.

Fonte: G1

http://g1.globo.com/tecnologia/campus-party/2017/noticia/ladroes-roubam-2-km-de-fibra-otica-que-levaria-internet-a-campus-party-diz-telebras.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *