Nova lei obriga bancos a instalarem dispositivos de segurança em agências de Monte Sião, MG

Projeto quer inibir a ação de quadrilhas especializadas na explosão de caixas eletrônicos. Lei ainda precisa ser sancionada pelo prefeito.

Nova lei obriga bancos a instalarem dispositivos de segurança em agências de Monte Sião, MG (Foto: Reprodução EPTV)
Nova lei obriga bancos a instalarem dispositivos de segurança em agências de Monte Sião, MG (Foto: Reprodução EPTV)

Uma nova lei aprovada na Câmara de Vereadores de Monte Sião (MG) quer estabelecer a obrigatoriedade da instalação de dispositivos de segurança em agências bancárias. De acordo com o projeto, o objetivo é inibir a ação de quadrilhas especializadas em explosões de caixas eletrônicos.

A lei obriga as agências a colocarem portas metálicas e dispositivos de fumaça. A proposta foi feita pelo presidente da câmara, Benedito Dorta (PSB).

“Caso haja um arrombamento e entrando na agência, tanto no setor de caixas eletrônicos quanto na agência, o nebulizador é automaticamente acionado, soltando toda a fumaça no interior da agência. Aí as portas dificultam a entrada”, explica ele.

Não houve roubo a bancos neste ano no município, mas aconteceu em cidades vizinhas. No começo do ano, em Bueno Brandão (MG), três agências bancárias foram vítimas de roubo no mesmo dia. Bandidos explodiram a entrada dos bancos e também usaram explosivos para abrir os cofres.

Além disso, um levantamento realizado pela EPTV Sul de Minas apontou que 58,4% das cidades do Sul de Minas foram alvos de ataque a agências bancárias nos últimos cinco anos. Ou seja, dos 161 municípios da região, pelo menos 94 tiveram investidas registradas no período.

Agora, de acordo com o projeto, o custo para se adaptar seria dos bancos. A Federação Nacional de Bancos (Febraban) disse que as agências já seguem um plano de segurança elaborado pela Polícia Federal, mas que cada instituição financeira deve determinar os padrões de segurança ideais, de acordo com a características de suas agências.

“Foi apresentado o projeto na câmara, foi aprovado, e vai ser sancionada a lei. Sendo sancionada a lei, eles têm 60 dias para análise, 120 dias para execução. Eu acho que isso é uma forma de nós protegermos o patrimônio bancário, mas também a população”, conclui Dorta.

O prefeito de Monte Sião, José Pocai Junior (PPS), têm 15 dias para sancionar a lei.

fonte; G1

http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/nova-lei-obriga-bancos-a-instalarem-dispositivos-de-seguranca-em-agencias-de-monte-siao-mg.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *