Prédios, carros e residência de integrantes da segurança pública são alvo de criminosos em 10 cidades de SC

Foram disparados tiros contra a guarita da polícia no Centro Administrativo do Estado, na capital; IGP de Balneário Camboriú foi atingido por coquetel molotov. Não há relatos sobre feridos.

camboriuEntre a noite de quinta-feira (31) e a madrugada desta sexta-feira (1), foram registrados casos de ataques criminosos a prédios, carro e residência de membros da segurança pública em dez cidades de Santa Catarina. Bases da PM, prédios públicos e uma delegacia foram alvos. Não há informação de de que ninguém tenha se ferido.

Conforme a Polícia Militar, há registros de ocorrências em Florianópolis, São José, Joinville, Criciúma, Camboriú, Palhoça, Navegantes, Balneário Rincão, Balneário Arroio do Silva e Balneário Gaivota. O G1 procurou a Secretaria de Segurança Pública, que não havia se manifestado até a última atualização desta notícia.

Florianópolis

Em Florianópolis, dois homens em uma moto atiraram contra uma base da PM no bairro Monte Verde, por volta da 0h30. Foram ao menos oito tiros, segundo a polícia. No momento do ataque, não havia ninguém dentro da unidade.

Policiais que faziam ronda do lado de fora viram dois homens fugirem em uma moto vermelha. A guarita da polícia no Centro Administrativo do Estado também foi atingida por volta da meia-noite, sem feridos.

Balneário Camboriú

Criminosos jogaram um coquetel molotov no Instituto Geral de Perícias (IGP), ao lado de uma delegacia. O caso foi registrado às 21h30. Não há informações de feridos.

Camboriú

Um veículo foi incendiado no pátio da Secretaria de Obras de Camboriú, por volta das 4h. No local, um segurança foi rendido e as câmeras de segurança, danificadas. A suspeita é que dois homens em uma moto tenham cometido o crime.

O carro pertencia à Secretária de Saúde do município. Foi relatado que o fogo foi colocado no tanque e nos bancos do carro.

Criciúma

Um carro da PM foi incendiado em Criciúma por volta das 19h. Segundo a polícia, o incêndio aconteceu no bairro Cristo Redentor. De acordo com a corporação, o carro ficou totalmente destruído. Ninguém ficou ferido.

O carro era da Guarnição Especial de Içara, cidade vizinha, e estava no local para pintura. O dono da oficina afirmou que foi rendido por cinco pessoas, uma delas armada. Em seguida, os criminosos jogaram gasolina e atearam fogo no carro e fugiram.

Também foi colocado fogo em pneus no meio de uma das avenidas da cidade, por volta das 21h30, e em uma ponte de madeira que liga os bairros Meller e São Francisco, pouco antes da meia-noite.

Ainda em Criciúma, uma das salas do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) da cidade foi incendiada. O fogo foi contido por um vigia por volta das 0h20, mas a área de farmácia do local ficou totalmente danificada.

Navegantes

Um veículo foi queimado em frente a uma residência em Navegantes por volta das 4h. O proprietário informou os bombeiros que ouviu o alarme disparar e um homem correu do local.

Na sequência, um orelhão também foi incendiado, com o fogo controlado pelos bombeiros.

Palhoça

Em Palhoça, a casa de um policial foi alvejada. Segundo a PM, o caso foi registrado às 23h40. Uma moto teria passado em frente a casa de um sargento e efetuou um tiro e acertou a vidraça. Ninguém ficou ferido.

São José

Um incêndio em um carro foi registrado na SC-403, no bairro São Pedro Alcântara. Conforme os bombeiros, o caso foi atendido por volta das 5h. A suspeita é de incêndio criminoso.

Joinville

Um sargento foi ameaçado com arma de fogo em frente a residência em Joinville, segundo a PM. Dois homens fugiram do local. O caso foi registrado por volta das 18h30 quinta.

Balneário Rincão

Um coquetel molotov foi atirado contra uma base da PM em Balneário Rincão, por volta das 23h40, segundo a PM.

Balneário Arroio do Silva

Houve disparos contra uma delegacia em Balneário Arroio do Silva. Homens em um carro branco são suspeitos da ação, por volta das 2h.

Balneário Gaivota

Houve uma tentativa de incendiar uma base da PM em Balneário Gaivota, às 2h desta sexta.

Fonte: G1

http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/predios-da-seguranca-publica-sao-alvo-de-criminosos-em-sc.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *